MSN

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Morbid Angel


Morbid Angel é uma banda da Flórida (EUA), formada em 1984 que foi crucial para o desenvolvimento do gênero death metal. 
Eles são os inovadores, os líderes, os que transcendem limitações. Convicção e verdadeiro senso de propósito só possuído por poucos, quebrando os limites musicais, espirituais e ideológicos, retendo o elemento inquestionavelmente brutal de sua música que se tornou uma das mais influentes do Death metal mundial.
Como o próprio Max Kolesne (Krisiun) disse:
"Eles são os Reis do Death Metal! Morbid Angel é um dos maiores nomes na cena, sempre fazendo som pesado e sem nunca relaxar sua pegada. O som não tem a mesma velocidade que as novas bandas de Death, mas nem por isso fica devendo alguma coisa. Com o criativo guitarrista Trey Azagthoth que até fez musica com refrão em aramaico ("Lord of All Fevers and Plague") a banda sempre faz bons álbuns sem ficar na mesmice que acaba matando muitas boas bandas do gênero. Músicas como "Chapel of Ghouls", "Immortal Rites", "Ageless, Still I Am", "Secured Limitation", "God of Emptiness", "Rapture" e muitas outras mostram o poder da banda".

Formado no meio da década de 80 em Tampa, Flórida, por Trey Azagthoth, o Morbid Angel lançou em 1986 sua primeira demo intitulada Abominations of Desolation.
Em 1989 o mundo conhece o primeiro disco do Morbid Angel, intitulado Altars of Madness com Trey Azagthoth, David Vincent, Pete Sandoval e Richard Brunelle. Este disco se tornou o maior clássico da banda e um dos maiores do estilo. Músicas como "Immortal Rites", "Suffocation", "Visions From The Dark Side", "Damnation", "Maze Of Torment" e outras do disco inovaram o estilo e se tornaram influências para várias bandas atuais.
Em 1991 é a vez do disco Blessed are the Sick, que levou o Morbid Angel a um patamar elevado dentro do estilo, dando aos músicos reputação como compositores verdadeiramente inovadores e visionários, infundindo subcorrentes clássicas prevalecentes dentro do material sumamente poderoso exposto. Agora a banda se apoiava em dois clássicos muito bem aceitos pelo público, sendo que o Morbid Angel foi a primeira banda extrema a assinar com uma grande gravadora.
Em 1993 a banda lança o disco Covenant que vendeu mais de 127 mil cópias,sem o guitarrista Richard Brunelle, provando que a banda cresceria cada vez mais, chegando a níveis que ninguém nunca havia imaginado que eles chegariam, principalmente conceituando o grande compositor da banda Trey Azagthoth.
Em 1994 a banda relançou sua fita demo de 86 no formato de CD.
Em 1995 sai no mercado o disco Domination, que marca a estréia de Erik Rutan (ex Ripping Corpse) que toca guitarra e teclado no disco. Esse disco foi considerado pelos músicos como o melhor até então, sendo o segundo a ser lançado por uma grande gravadora, a Warner.
Em 1996 sai o disco ao vivo Entangled in Chaos, contando com clássicos da banda gravados em shows pela Europa.
Em 1997 David Vincent deixa a banda, fazendo com que os fãs ficassem preocupados com o futuro do Morbid Angel, pois David era uma figura importantíssima que deixou sua marca no estilo inigualável da banda. Logo entrou Steve Tucker (ex-Ceremony) no lugar de David, executando fielmente a mesma função que ele, e tudo se resolveu.
Em 1998 a banda lança o disco Formulas Fatal To The Flesh, pesado ao extremo, que recupera a velocidade que a banda vinha perdendo lentamente em suas músicas no decorrer dos anos, sendo o mais rápido até então. O disco foi gravado na terra natal da banda, no Morrisound Stúdio, e os solos de Azagthoth em sua própria casa. Segundo ele ficaria bem melhor para trabalhá-los pois ele gosta de poder gastar muito tempo nos solos. Os vocais novos ficaram perfeitos, sem descaracterizar a banda, e foi muito bem aceito pelos velhos fãs. Fica assim provada a capacidade que Steve Tucker tem para o posto que herdou de David Vincent.
No ano 2000, outra obra-prima do Death Metal foi dada ao mundo, o disco Gateways to Annihilation, emanando com suas passagens dinâmicas e extensas. Peso absoluto, é o que traduz a característica do disco. A formação da banda se estabiliza com Trey Azagthoth, Steve Tucker, Erik Rutan e Pete Sandoval. Com mais de Dez anos de estrada e discos gravados, o Morbid Angel mostra que não é à toa que a banda se tornou uma das mais influentes e respeitadas do Death Metal mundial. Mantendo seu estilo totalmente extremo a banda prolonga sua história e promete permanecer como uma das bandas mais pesadas do mundo.
Em junho de 2010, a banda volta aos estúdios com o engenheiro de som Erik Rutan para gravar o seu nono álbum que será lançado no início de 2011 via Season of Mist, contando com a presença de David Vincent que não grava um álbum desde Domination, em 1995. Como Pete Sandoval recentemente passou por uma cirurgia nas costas devido a um problema de hérnia de disco, Tim Yeung (Divine Heresy, All that Remains, Nile, Hate Eternal, Vital Remains) será o substituto para tocar a bateria nas sessões do álbum.




                                           


                                           


                                           



  


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...